Betoneiras: A Força que Você Precisa para Grandes Obras

A mistura de betão envolve muita pá, pelo que, dependendo da quantidade, uma pessoa pode ficar exausta apenas a preparar a mistura.

Para evitar este passo, pode utilizar uma betoneira, que lhe permitirá obter uma consistência homogénea mais rapidamente.

Entre os modelos recomendados está a Simba SIM 180, que tem uma capacidade de 180 litros e é alimentada por um motor elétrico de 850 watts.

Outra alternativa é a T-Mech 10486. Esta betoneira é mais pequena, oferecendo um recipiente com 70 litros de capacidade, mas com um potente motor de 250 W para uma rotação constante e estável.

Guia de Compra: Como Escolher uma Betoneira

Com um guia para comprar o melhor misturador de concreto, você pode descobrir quais recursos você deve verificar antes de escolher.

Desta forma, poderá escolher um misturador de betão suficientemente potente e com a capacidade necessária para as suas necessidades de mistura.

Design da betoneira

Uma das primeiras coisas que deve verificar quando está a analisar as opções de betoneiras disponíveis é o design da ferramenta.

Conhecer os pormenores sobre as suas dimensões, peso e até mesmo a estrutura de suporte ajudá-lo-á a escolher um equipamento que seja confortável de utilizar e manter.

Ao mesmo tempo, deve ter em conta que muitas betoneiras requerem uma montagem prévia, uma vez que são entregues em peças.

Neste sentido, é conveniente verificar as dimensões que terá depois de montada, que pode consultar nas especificações do fabricante do modelo que lhe interessa.

O peso, por outro lado, é normalmente um pouco pesado para uma máquina ergonómica, mas, felizmente, praticamente todas têm rodas que lhe permitirão deslocá-la sem perder muito tempo ou energia.

Verifique a presença de peças sobressalentes, pois é comum ter de mudar as rodas das betoneiras ao longo da sua vida útil.

Por outro lado, o aspeto estético também é importante na escolha de uma betoneira, uma vez que o desenho da estrutura é o que garante a distribuição do peso, de forma a manter o equipamento estável enquanto trabalha.

Materiais de construção

Antes de escolher a boa e económica betoneira que considera melhor para satisfazer as suas necessidades, não pode descurar os materiais de construção.

Se for avaliado do ponto de vista da utilidade, deve escolher uma ferramenta que seja robusta e fiável, especialmente se for concebida para transportar dezenas de quilos de cimento, areia e água.

Nesta categoria, recomendamos que opte por uma betoneira com construção em aço, principalmente na estrutura de suporte, uma vez que esta é responsável por suportar o peso juntamente com o tambor.

Por sua vez, o tambor é um dos complementos elementares de qualquer betoneira e, embora normalmente não seja necessário que seja feito de aço, deve ser robusto para suportar a carga e as rotações.

Além disso, no interior do tambor podem ser incorporadas peças especiais para a mistura do betão, acelerando o trabalho e oferecendo um melhor resultado.

Potência do motor

A potência gerada pelo motor instalado no equipamento é um ponto de interesse em qualquer comparação de betoneiras.

Tendo em conta que a máquina se destina basicamente a rodar e misturar, é muito importante que verifique bem esta caraterística tendo em conta as suas expectativas.

Basicamente, um motor que trabalhe em conjunto com uma betoneira deve ter potência suficiente para gerar a rotação do tambor independentemente da sua carga, desde que os limites estabelecidos sejam respeitados.

Além disso, pode escolher entre betoneiras eléctricas e alimentadas a combustível, em função das suas necessidades.

Capacidade do tambor

É provável que, para responder à questão de quanto custa uma betoneira, seja necessário avaliar a capacidade do seu tambor, uma vez que quanto maior for, mais útil será no domínio da construção.

No entanto, não se deve ignorar o facto de que isso também afectará as especificações técnicas dimensionais da máquina.

Continuando com o que foi dito acima, podemos resumir que uma grande parte da utilidade de uma betoneira se baseia na capacidade do seu tambor.

Por exemplo, se precisar de um modelo para construir uma nova parede em casa ou reparar a entrada de uma garagem, as betoneiras compactas podem ser suficientes.

Mas se precisar de fazer uma parede completa ou criar um pavimento de betão a partir do zero, aconselhamos a compra de modelos com uma capacidade superior a 100 quilogramas.

Desta forma, pode poupar tempo e esforço, bem como obter mais rapidamente a quantidade de betão de que necessita.

Transporte e mobilidade

O feedback de anteriores utilizadores e conhecedores de construção indica que uma betoneira prática e eficiente também deve ser fácil de transportar.

Uma vez que a maioria das betoneiras é bastante pesada, é essencial que o modelo que escolher tenha instalados mecanismos que o ajudem a transportá-la ou a deslocá-la de um local para outro.

Em geral, e em praticamente todos os modelos de betoneiras, existem rodas na parte inferior.

Estas podem ter desenhos com padrões especiais, que ajudam a deslocá-la em terrenos difíceis e não pavimentados, como acontece frequentemente durante a fase de construção.

Além disso, um pormenor notável que várias betoneiras oferecem é a possibilidade de serem desmontadas, quer através da desmontagem de elementos como o motor ou o volante, quer do próprio tambor e das rodas acima referidas.

Isto permite que a betoneira seja facilmente transportada, se necessário.

Perguntas frequentes

Com um guia para comprar o melhor misturador de concreto, você pode descobrir quais recursos você deve verificar antes de escolher.

Desta forma, poderá escolher um misturador de betão suficientemente potente e com a capacidade necessária para as suas necessidades de mistura.

Como fazer betão numa betoneira?

O betão puro é uma massa que contém cimento, areia, água e, em alguns casos, brita para lhe dar maior consistência.

Para saber como fazer betão em casa, é essencial avaliar a utilização que se pretende dar ao material, de modo a obter as medidas certas.

No entanto, em termos gerais, é possível preparar o betão numa betoneira seguindo as seguintes orientações de dosagem: para cada parte de cimento, são necessárias 0,5 partes de água, 2 partes de areia e 4 partes de brita.

Comece por colocar a betoneira numa superfície estável que lhe permita ficar parada.

Se tiver um bloqueio para as rodas, active-o ou, se não tiver, pode montá-la num suporte que as mantenha levantadas do chão, para evitar que movam o equipamento.

Agora, adicione os elementos, começando pela gravilha, o cimento, a areia e metade da água.

Proceda à ligação do equipamento e quando os materiais começarem a misturar-se, deite a restante água, aguarde alguns minutos e está tudo pronto a ser utilizado.

Quantos metros cúbicos cabem num camião betoneira?

Para compreender melhor o tamanho de um metro cúbico, deve saber primeiro que 1 m³ tem um peso de aproximadamente 2.400 quilogramas, ou seja, quase 2,5 toneladas.

Neste sentido, um camião com uma betoneira tem normalmente capacidade para armazenar entre 6 m³ a 9 m³, dependendo do modelo e do tamanho do tambor.

Consequentemente, este tipo de serviço de betoneira é necessário para trabalhos de construção exigentes e profissionais, uma vez que é necessária uma quantidade muito maior do que a necessária para um projeto doméstico, por exemplo.

Como é que retiro o cimento seco da betoneira?

Quando a betoneira estiver terminada e o material tiver sido vertido, é melhor limpá-la imediatamente com uma mangueira de pressão ou uma máquina de lavar a pressão, para remover os restos que ficaram colados nas paredes e nos cantos.

Se este passo for omitido, o betão secará, tornando-o muito difícil de remover.

Uma alternativa que pode resolver este problema é aproveitar a rotação constante do tambor.

Encha-o com gravilha e água, depois active o motor e deixe que a rotação e a fricção das pedras soltem gradualmente o betão ou o amoleçam o suficiente para utilizar um martelo para remover os pedaços de betão.

Como funciona um misturador de betão?

Um misturador de betão é uma ferramenta que tem uma função básica mas essencial: misturar betão.

Estas máquinas funcionam com um tambor, que pode ter diferentes capacidades consoante o modelo.

Este tambor é concebido para conter os materiais que constituem a mistura básica do betão: água, cimento e areia.

Por sua vez, este tambor é montado numa estrutura onde se encontra um motor que pode ser elétrico ou a combustível.

Ambos têm as suas vantagens e desvantagens, mas a sua função na betoneira é fazer girar o tambor para que os ingredientes sejam devidamente misturados sem necessidade de intervenção humana.

Devido à intensidade do trabalho, tempo e esforço que a mistura de grandes quantidades de betão pode exigir, estas máquinas são muito eficientes na realização de modificações estruturais, construções, fachadas e muito mais.

Como desmontar o tambor de uma betoneira?

Caso seja necessário desmontar o tambor de uma betoneira, é preciso ter uma chave inglesa à mão para soltar a porca que o prende à estrutura.

Esta porca pode ser encontrada no interior do tambor, normalmente no centro.

Antes de retirar o tambor, esvazie-o completamente, utilizando o volante ou a alavanca para o inclinar e deixar sair a sujidade, quer seja betão, água, areia, pó ou quaisquer outros resíduos.

Uma vez limpo, deve poder ver facilmente a porca. Utilize a chave inglesa para a desapertar e, uma vez retirada, retire o tambor da misturadora.

Como reparar uma betoneira?

Para reparar a sua betoneira, deve começar por identificar o problema, a fim de fazer um diagnóstico preciso e proceder a acções para o corrigir.

Em geral, as principais razões para a falha de uma betoneira são exceder a carga admissível no tambor, não limpar após a utilização, negligenciar a lubrificação da coroa, mau armazenamento, entre outras razões.

Para além disso, o desgaste natural das peças consumíveis, como botões, engrenagens e correias, também deve ser considerado.

Estas últimas peças podem ser substituídas e tudo deve voltar ao normal.

Mas se a sua betoneira tiver sido danificada pelas outras razões acima mencionadas, o tratamento será mais agressivo e minucioso, pois provavelmente terá de utilizar produtos de limpeza ou ferramentas especiais para retificar a estrutura danificada.